Referências profissionais: porquê e como pedir

Publicado pela Fed Finance em Conselhos de emprego
22/11/2021
Referências profissionais: porquê e como pedir
A referência profissional é importante quando se procura um emprego, é uma forma de tranquilizar o recrutador sobre as suas competências hard e soft skills. Saiba a quem e como deve pedir. Conheça as dicas Fed Finance. 

As referências profissionais: tudo o que deve saber
As referências são testemunhos de pessoas que tiveram experiência de trabalho consigo e que estão dispostas a atestar o seu valor profissional e humano. Estas pessoas podem ser contactadas por recrutadores para dar um parecer objetivo sobre si no que diz respeito às suas competências técnicas e comportamentais para uma determinada vaga.


Porque é que são importantes?
Ajuda a destacar-se de outros candidatos
As referências constituem um elemento cada vez mais importante nos processos de recrutamento, podendo mesmo determinar a contratação. Têm o poder de influenciar as decisões dos recrutadores, positiva ou negativamente. E possibilitam a confirmação das informações passadas pelo profissional durante o processo seletivo.
As referências mais desejáveis são aquelas que são mais semelhantes à empresa para a qual está a concorrer ou de pessoas que lá trabalham.

Acrescenta credibilidade à sua candidatura
Quanto maior for a credibilidade transmitida pelas suas referências maiores serão as suas hipóteses de garantir a vaga para si. Confirmam as suas qualidades pessoais, profissionais e/ou técnicas. Servem para o recrutador ter um suporte fiável, que lhe assegure que é o candidato ideal.

A quem deve pedir?
Escolha as pessoas certas para pedir referências sobre si. Deve ter em consideração pessoas responsáveis, sempre que possível com cargos elevados, que possam confirmar que trabalhou em determinado local e cargo. As referências devem ser solicitadas a quem trabalhou diretamente consigo e reconheça as suas capacidades e potencial. Escolha pessoas que o admirem e respeitem pelo seu trabalho.

Pode pedir referências a um anterior diretor, coordenador, gestor ou clientes. Os colegas podem também ser tidos em linha de conta, mas mais para referências online. Se a sua referência for alguém bem conhecido da área a que se candidata ou alguém que tenha uma posição admirável numa organização, poderá impressionar o recrutador. Normalmente precisa de fornecer aos potenciais empregadores três referências. 


Como pedir?
Os pedidos de referência devem ser efetuados por telefone ou e-mail. Pergunte se a pessoa considera que o conhece suficientemente para dar referências e se se sente confortável para o fazer. Se a resposta for favorável, sugira enviar o seu curriculum vitae atualizado ou dar mais informações, para que a pessoa em causa tenha toda a informação relevante do seu lado.
É muito importante que avise e solicite permissão antes de indicar alguém como referência.
Certifique-se que seleciona pessoas que lhe darão uma referência brilhante. Pense em pessoas que possam falar do seu potencial e qualificações específicas para o cargo a que está a concorrer.


Referências alternativas em caso de pouca ou nenhuma experiência de
trabalho

No caso de nunca ter trabalhado ou se está há muito tempo sem trabalhar, poderá por exemplo solicitar referências a um professor, que possa salientar o seu valor de trabalho e personalidade enquanto estudante. Outro exemplo pode ser um coordenador de voluntariado, caso tenha feito trabalho voluntário no passado.

Obter referências para CV no Linkedin
Outra forma bastante eficaz de receber referências é através do Linkedin. Deve ter o seu perfil atualizado e ativo. Os recrutadores podem facilmente aceder e verificar o que dizem sobre si.
Uma boa estratégia é escrever recomendações aos seus ex-colegas ou exchefias, pois em troca poderá receber também recomendações. Contudo, caso não aconteça poderá mesmo solicitar diretamente, por exemplo através de mensagem privada na rede social. Saiba como solicitar uma recomendação no Linkedin

O que os recrutadores normalmente perguntam:

  • Atividades desenvolvidas;
  • Relacionamento interpessoal e trabalho em equipa;
  • Ética e conduta;
  • Comprometimento com o trabalho;
  • Interesse na aprendizagem constante/atualização;
  • Liderança, quando se trata de posições de gestão


Dicas:

  • As referências devem ser honestas, modestas e simples;
  • Não acrescente uma referência desatualizada no seu curriculum vitae;
  • Faça as suas referências de acordo com a vaga em questão;
  • Crie uma lista de referências. Deve estar apto para fornecer os contactos aos potenciais empregadores a qualquer momento;
  • Não faça a sua lista de referências muito longa. Tente elencar entre três a cinco referências, no máximo.
  • Só coloque as referências no curriculum se lhe for solicitado;
  • Nunca coloque as referências quando disponibiliza o seu currículo em plataformas online de acesso público.
  • Deve pedir aos seus contactos para se concentrarem nas suas competências soft e hard skills.
  • Não se esqueça de se manter em contacto com as suas pessoas de referência de vez em quando. O networking é fundamental.
  • Agradeça às referências caso consiga o emprego. 

As referências de emprego podem ser o fator decisivo para que seja selecionado. Construa uma boa lista com as nossas dicas. A Fed Finance é composta exclusivamente por profissionais dedicados às profissões na área financeira e da contabilidade. Como verdadeiros especialistas neste sector, os nossos consultores irão aconselhar e orientar durante todo o processo de recrutamento. Envie-nos a sua candidatura.


Comentários
Sem comentários ainda, seja o primeiro a reagir!
Comente