Como atualizar o currículo em menos de 30 minutos

Publicado pela Fed Finance em Conselhos de emprego
25/07/2022
Como atualizar o currículo em menos de 30 minutos

Criar um currículo eficiente é um dos passos a dar na hora de procurar um novo desafio profissional. Mas esta pode nem sempre ser uma tarefa fácil. Siga as dicas dos nossos recrutadores para uma atualização rápida em menos de 30 minutos!

Idealmente devemos atualizar o nosso currículo de tempos a tempos, de forma a que o possamos disponibilizar quase sem precisar de o modificar. Com o passar do tempo, muitas das informações contidas no documento que contém o resumo de toda a nossa vida profissional e académica acabam por ficar desatualizadas fruto das experiências profissionais que se vão concretizando ao longo dos anos. O desafio está em fazer uma reciclagem de toda a informação e em apresentar uma cara nova àquilo que é, muitas vezes, o nosso primeiro contacto com um potencial empregador. 

AS DICAS DOS NOSSOS RECRUTADORES

Retire o que não interessa

Em primeiro lugar analise o seu currículo antigo. Algumas das suas experiências que outrora podiam fazer sentido, hoje podem estar a retirar o foco daquilo que interessa ao recrutador. Não hesite em cortar algumas dessas informações para ganhar espaço e destacar realizações e feitos recentes ou formações relevantes. Tenha em mente para quem vai enviar o seu currículo e que informação será pertinente para essa pessoa ou entidade. A partir daí, será mais fácil distinguir as informações importantes daquelas que pode mesmo retirar.

Enumere o que importa

Estude previamente a vaga a que se vai candidatar e quais os requisitos exigidos para essa função. Isso vai ajudá-lo a orientar o seu currículo para o que é pretendido. Posto isto, comece por humanizar o seu currículo falando de si. Pode apresentar um breve resumo no início, revelando um pouco dos seus interesses e do que o levou ao ponto onde está ou o que o levou a escolher esta área de trabalho. Lembre-se de orientar sempre o seu discurso para o seu interlocutor! Comece agora a destacar a sua experiência profissional. Neste campo, e caso já tenha tido experiências profissionais muito variadas, dê apenas espaço aquelas que são relevantes para a posição a que se está a candidatar.
Enumere a sua formação, universitária ou outra. Nesta área, verifique sempre o nome das instituições de ensino. Muitas vezes, existem alterações de nome e é importante ir atualizando as nomenclaturas de forma a que os recrutadores saibam exatamente onde estudou e efetuou as suas formações.
Hoje em dia é habitual adicionar links de redes sociais aos currículos, nomeadamente no LinkedIn por esta ser uma rede profissional. Se for o seu caso, não se esqueça de verificar se mantém o seu LinkedIn atualizado.

Deixe o documento “respirar”

Guarde algum espaço entre linhas para que o documento fique leve e com uma leitura mais fácil. Para isso, não hesite em aumentar espaçamentos e manter alguns locais do documento vazios. Nesta altura pode fazer uma primeira revisão de texto, lendo o texto uma primeira vez. Caso verifique que é necessário corte algum texto que esteja em excesso e deixe-o o mais conciso possível. As palavras devem ser diretas e as frases curtas. Este exercício também vai ajudá-lo a criar mais espaços no documento. Vai ver que visualmente ficará mais apelativo e quem o vai ler agradecerá.

Renove o design

Para além do próprio conteúdo do currículo a parte visual não deve ser descurada. Hoje em dia existem inúmeros templates que ajudam aqueles que, não sendo designers, podem apresentar soluções criativas para resumir o seu percurso profissional de uma forma mais apelativa. Ainda assim, tenha em atenção pois a sua escolha deve sempre estar de acordo com a sua área profissional e estar alinhada com a cultura da empresa para onde está a enviar o seu currículo. O que pode sempre fazer é adicionar títulos e utilizar fontes e cores diferentes para melhor organizar a informação. Faça-o para nomear um cargo e as empresas para as quais trabalhou, por exemplo. Isto ajuda a destacar determinados elementos e contribui para uma leitura mais fluida. 

Ler em voz alta

Quando escrevemos um texto, convém ler e reler tudo por mais que uma vez pois há (quase) sempre alguma coisa que falha. Porque mais vale prevenir do que remediar, nunca se esqueça de ler o seu currículo mais uma vez. Uma ótima técnica, para além de ler com atenção e verificar os erros gramaticais, é mesmo ler em voz alta. Entre outras coisas, isto vai ajudá-lo a evitar erros de pontuação, a perceber se o tom da sua escrita é demasiado formal ou informal e se as palavras que está a usar estão repetidas ou não. 

Entre em contato com nossa empresa para esclarecer quaisquer dúvidas sobre ofertas de emprego disponíveis ou receber conselhos diretamente de recrutadores especialmente qualificados. Faça parte do grupo de candidatos da Fed Finance, preenchendo o formulário de candidatura espontânea.


Comentários
Sem comentários ainda, seja o primeiro a reagir!
Comente