5 Soft skills importantes para cargos em finanças

Publicado pela Fed Finance em Conselhos de emprego
13/12/2021
5 Soft skills importantes para cargos em finanças
As soft skills são competências ou qualidades comportamentais que ganharam, nos últimos anos, extrema relevância no mercado de trabalho. Quando procura um emprego, vai encontrá-las cada vez mais na descrição de funções. Saiba quais são as 5 soft skills mais procuradas no sector das finanças. 

Hard Skills versus Soft Skills

Para se destacar na carreira é necessário identificar e desenvolver o equilíbrio entre hard e soft skills. A primeira refere-se às habilidades técnicas e a segunda, às competências pessoais.
Cada vez mais as empresas têm consciência que as soft skills promovem mais resultados para o negócio, criam um ambiente de trabalho mais saudável e produtivo, que propicia a melhoria das relações interpessoais.
Atualmente, ter competências comportamentais, emocionais e sociais é tão importante quanto dominar a técnica. E a combinação das duas é a chave para o sucesso: progressão na carreira e alcance do emprego dos seus sonhos.
Veja abaixo as 5 soft skills mais solicitadas para cargos em finanças:


  • Comunicação 

Partilhe informações com o seu serviço e também com outros departamentos da empresa. Dê a conhecer de forma clara e honesta o seu trabalho, aumentando a eficiência do espírito de equipa.

Saiba falar, ouvir e questionar. Os profissionais de contabilidade e de finanças devem ser capazes de contar a história por trás dos números de forma simples, direta e cativante. Ter a capacidade de explicar processos financeiros complexos, para clientes e trabalhadores de outros departamentos que têm conhecimento financeiro limitado é uma competência muito valorizada. Ser uma pessoa comunicativa é crucial para a construção de uma boa e duradoura rede de networking.

Como fazer?
Promover uma escuta ativa. Demonstre interesse pelo que é dito.
Assertividade. Transmita a sua mensagem de forma objetiva.
Negociação. Apresente o seu ponto de vista com calma e cordialidade.
Dê e receba feedbacks
. Saber como passar um feedback, seja positivo ou negativo, assim como saber receber opiniões de terceiros, fazem parte de uma boa comunicação


  • Organização

Competência fundamental em tempo COVID, uma vez que a maioria das pessoas tende a trabalhar tanto a partir do escritório como em casa, ou 100% à distância. Estar organizado ajuda-o a manter uma mente clara, para que fique menos stressado, ganhe eficiência e alcance maiores resultados. Quando o tempo é bem rentabilizado, é possível fazer mais e gerar mais valor com a mesma quantidade de tempo.

Como fazer?
Planear as suas tarefas com antecedência.
Escrever listas com as tarefas diárias e níveis de prioridade são uma grande ajuda.
Usar a tecnologia. Existem diversas aplicações que auxiliam na organização das tarefas e prazos de trabalho.
Organizar reuniões simples e eficientes


  • Networking skills 

O networking ou seja a capacidade de trabalho em rede é muito importante, tanto dentro da sua empresa como fora dela. Porquê? Porque ajuda a criar relações que podem ser úteis para o seu trabalho.
Também pode obter informações importantes e privilegiadas para o negócio, mantendo contacto com as pessoas certas. A utilização do poderoso marketing pessoal tornou-se indispensável para se destacar no mercado financeiro.

Como fazer?
Leia O poder do networking: como construir uma rede sólida


  • Independência

Os gestores gostam de pessoas que são proativas. É claro que o feedback é importante, e deve sempre fazer perguntas se surgirem dúvidas. Mas tenha em mente que confiar nas suas capacidades técnicas também é importante, e que ser independente e pró-ativo pode ajudá-lo no seu trabalho diário.
O mercado está em rápido movimento, e para isso as organizações precisam de líderes que possam orientar e motivar as equipas para serem bem-sucedidas em períodos de mudança contínua. As empresas procuram funcionários capazes de trabalhar sozinhos e ainda completar as tarefas necessárias a tempo.

Como fazer?
Seja capaz de solucionar problemas sozinho e emergir da situação com resultados desejáveis.
Procure demonstrar que tem confiança e segurança nos processos de tomada de decisão, que sabe escutar, comunicar as suas ideias e que tem facilidade em tomar a iniciativa.


  • Liderança

Os empregadores financeiros procuram pessoas que possam liderar pelo exemplo, que tomem decisões, que confiam na sua intuição, que saibam gerir projetos, que sejam positivos e excelentes membros da equipa.
Quem sabe liderar utiliza os pontos fortes de cada membro da equipa em função das metas que a empresa planeou alcançar. Faça com que a equipa se sinta valorizada e motivada, através de feedbacks, ajustando as funções ao perfil pessoal de cada um. Para além do que, deve ser sempre um profissional atualizado e que analisa continuamente a concorrência.
Para se tornar um bom diretor financeiro é preciso saber se posicionar e atuar como líder. Uma boa liderança é aquela que promove sobretudo o bem-estar do grupo.

Como fazer?
Tenha sempre a capacidade de se adaptar à mudança.
Seja motivador e inspirador.
Conheça o perfil dos seus colaboradores e equipa.
Delegue tarefas de acordo com as habilidades de cada membro da equipe.
Invista nos feedbacks individuais.
Leia ainda: Como melhorar a sua presença online


Conclusão
As soft skills mostram ao empregador um conjunto de qualidades e atributos pessoais que podem proporcionar benefícios adicionais à cultura da empresa, à produtividade e ao ambiente de trabalho.
Entre em contacto com um dos nossos consultores Fed Finance, especializados na área financeira, para uma conversa sobre como podemos ajudá-lo a encontrar o melhor talento com as competências certas para a sua empresa ou a melhor oportunidade ajustada ao seu perfil.

Leia ainda: Porque é que Portugal é um país atrativo para trabalhar em Finanças


Comentários
Sem comentários ainda, seja o primeiro a reagir!
Comente